Formação

Logotipo da República Portuguesa e IEFP

Tendo como atividade prioritária a Formação Profissional específica para pessoas com deficiência visual, a Fundação desenvolve atualmente ações de formação apoiadas pelo Estado Português no âmbito dos projetos financiados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, IP através do Programa de emprego e apoio à Qualificação das Pessoas com Deficiência e Incapacidade.

Os cursos podem adotar diversos percursos diferenciados, conforme as características dos destinatários:.

Utilize o Formulário de Inscrição para iniciar o seu processo de candidatura à frequência destes cursos.

Apresentamos abaixo o calendário de ações a iniciar até ao final do ano de 2022:

Cursos de Formação Inicial – 2900 horas

Designação do Curso Data de Início Data de Termo
Tecelão/Tecedeira 02/12/2021 31/01/2024
Telefones 01/09/2021 30/09/2023
Técnico de Secretariado 02/05/2022 31/05/2024
Telefones 01/07/2022 31/07/2024

Cursos de Formação Contínua – 400 horas

Designação do Curso Data de Início Data de Termo
Feltragem 01/09/2021 30/11/2021
TIC Internet e Office Avançados 01/09/2021 30/11/2021
TIC Internet e Office Avançados 01/09/2021 30/11/2021
TIC Nível 3 02/12/2021 28/02/2022
TIC Reciclagem 02/12/2021 28/02/2022
Artes Têxteis 02/12/2021 28/02/2022
TIC Nível 1 02/03/2022 31/05/2022
TIC Leitor de Ecrã 02/03/2022 31/05/2022
Tapeçaria 02/03/2022 31/05/2022
TIC Nível 1 01/06/2022 30/09/2022
TIC Internet e Office Avançados 01/06/2022 30/09/2022
Tecelagem 01/06/2022 30/09/2022
TIC Nível 2 03/10/2022 30/12/2022
TIC iniciação 03/10/2022 30/12/2022
Artes Têxteis 03/10/2022 30/12/2022

Todas as atividades formativas estão abrangidas pelo Regulamento do Formando.

A Fundação é uma entidade formadora certificada pela Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT) do Ministério da Economia e do Emprego (MEE), nas seguintes áreas de educação e formação:

  • cód. 215 – Artesanato;
  • cód. 346 – Secretariado e Trabalho Administrativo;
  • cód. 482 – Informática na Ótica do Utilizador.

A certificação das entidades formadoras é um requisito essencial para efeito de acesso a financiamento público da respetiva atividade formativa, bem como para considerar certificada, nos termos do Sistema Nacional de Qualificações, a formação profissional realizada, e confere, ainda, tratamento fiscal especial ao preço da formação no imposto de valor acrescentado e no imposto sobre o rendimento das pessoas singulares.

Logotipo de Entidade Certificada